ADM, AOA ou Método de Diagrama de Setas

Se você achou este artigo útil, ajude a mantê-lo disponível, compartilhe!
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

teste seu conhecimento

Home > Gerenciamento de Projetos > PMBok 5ª Edição > 6.3 – S1 – Diagrama de Rede de Cronograma do Projeto

ADM, AOA ou Método de Diagrama de Setas

O Método de Diagrama de Setas foi criado nos anos 50, apresentando um formato onde, setas representam as atividades e os nós representam as dependências entre elas.

O nó (evento) representa a situação em que todas as suas atividades predecessoras estão completas e todas as suas atividades sucessoras podem ser iniciadas. Ao evento normalmente associa-se a data de ocorrência ou um marco do projeto.

A figura 1 apresenta um exemplo de Diagrama de Setas.

Diagrama de Setas

Figura 1: Exemplo de Diagrama de Rede sem escala

Fonte: Barcaui et al (2008)

O Método de Diagrama de Setas prevê o uso apenas de relações de precedência do tipo fim-início entre suas atividades e pode ser construído com ou sem um formato de escala.

O uso da escala, apesar de incomum, permite uma melhor visualização de cada atividade dentro de uma escala de tempo.

O Método de Diagrama de Setas pode fazer uso de atividades fantasmas (dummy), conforme ilustrado na figura 2, elas estão presentes para demonstrar uma relação de dependência entre atividades, porém não consomem tempo ou recursos.

Diagrama de Setas dummy

Figura 2: Exemplo de Diagrama de Rede com atividades fantasmas (dummy)

Fonte: Barcaui et al (2008)

Referência Bibliográfica

Barcaui, André B.; Borba, Danubio; Silva, Ivaldo M. da; Neves, Rodrigo B. Gerenciamento de Tempo em Projetos. Rio de Janeiro: FGV, 2008.